Black Friday e Copa do mundo: o que esperar e os aprendizados dos últimos anos

Black Friday Copa do Mundo

Na sexta-feira dia 16/09/2022 a Frete Rápido promoveu mais uma edição do Papo FR, dessa vez ao lado da Híbrido para falar sobre Black Friday e Copa do mundo, o que esperar e os aprendizados dos últimos anos. Nessa edição, Eduardo Bragança, Head de Marketing da Frete Rápido, recebeu a Francine Maurici, Coordenadora de Bussisnes Solutions da Híbrido, uma empresa de consultoria de performance de tecnologia, que atua com mais de 80 clientes ativos de diversos segmentos. 

O Papo FR é um momento para falar sobre logística, tecnologia e e-commerce, e neste episódio aborda um momento novo para o mercado, proximidade entre Black Friday e Copa do Mundo, e os impactos no planejamento das lojas virtuais 

Avaliando as ações executadas no passado para se preparar para o futuro, Francini inicia o papo FR falando sobre as expertises e experiências acumuladas no planejamento da Black Friday, e como o ano de 2022 é um desafio para o lojista. 

O que esperar para a Black Friday esse ano? 

Em 2022, temos a execução de duas datas importantes com um curto período, já que a copa do Copa do Mundo inicia em 20 de novembro e a estreia do Brasil será na quinta feira (24 de novembro) que antecede a Black Friday (25 de novembro).  

Alguns questionamentos trazidos por Francini: 

  • O lojista deve antecipar a Black Friday por conta do consumo para a Copa? 
  • É preciso mudar a virada da Black Friday por coincidir com o jogo do Brasil? 
  • O que esperar para essa Black Friday? 

A Black Friday de 2021 em números 

O resultado do EBIT de 2021, que mede a reputação das lojas virtuais por meio de pesquisas, mostra que ocorreu um aumento em diversas áreas, com crescimento de 5% no faturamento, 31% na receita em empresas que realizaram a estratégia de esquenta do Black Friday, além do aumento de 16% no ticket médio. 

Essa pesquisa também mostrou um aumento de 139% na estratégia de retirar na loja, ou seja, o ship from store é algo para se avaliar na sua operação. Crescimento também de 82% em compras no cartão de crédito e 62% em pedidos com frete grátis, além de confirmar que o pico de vendas na Black Friday de 2021, foi na sexta feira das 10h às 14h. 

Insights 2021 

A junção desses dados, levantam alguns insights importantes para auxiliar o preparo e planejamento da Black Friday de 2022, que assemelham e mostram um pouco das expectativas do consumidor para o evento. São eles: 

  • Explosão do Omnichannel: Uma estratégia que obteve bons resultados em 2021, ela chamou muita atenção do consumidor e existe uma grande expectativa para esse ano; 
  • Black Friday para cuidar da casa ou de si: Segmento em crescente, cada vez mais as pessoas buscam produtos para benefício próprio ou para sua moradia; 
  • Vendas em várias etapas: O consumidor nem sempre acessa e já compra de primeira, ele pode conferir diversas vezes e em horários diferentes, o mesmo produto para conferir os descontos; 
  • Quem não investe não aparece: Momento de muita competitividade e concorrência, investir em marketing e comunicação é mais que necessário para comunicar todo o objetivo e benefícios da sua campanha de Black Friday; 
  • Black Friday Mobile: O celular é uma porcentagem crescente de equipamentos onde são realizadas as conversões de compra; 
  • Busca estratégica ou inteligente: Pense na experiência do consumidor e prepare toda sua jornada de compra, melhorando o sistema de busca e vitrine por exemplo, para tornar ainda mais fácil a conversão;  
  • Tráfego intenso: Como a Black Friday é um evento que traz muitos consumidores em um período específico, pode ocorrer queda de site e sistema por exemplo. EM 2021 as empresas já estavam mais preparadas para esse momento, então não fique para tras. 

O que o consumidor espera em 2022? 

Tomando ainda como base, os dados do EBIT, segue abaixo as principais expectativas do consumidor em 2022. 

  • Frete Grátis: Uma estratégia forte e que o consumidor já aguarda por essa chamada; 
  • Desconto acima de 50%: Ter descontos com números atrativos é algo que converte em visualização do seu produto; 
  • Entrega rápida: A entrega em tempo ágil é algo que chama muito a atenção do consumidor. Veja que os grandes nomes competem entre si para ver quem entregar mais rápido.  
  • Pagamento Flexível: Não é somente o PIX que vem crescendo, novas formas de pagamento como crediário digital, boleto parcelado e PIX parcelado, são práticas que alguns fornecedores já estão se destacando e os consumidores estão levando em questão. 

A queda no poder de compra leva o consumidor a pesquisar mais e comparar preços, a buscar facilidade de pagamento e vantagens. Com cenário econômico atual no Brasil, estudos mostram que inflação e aumento dos preços impactaram na capacidade financeira de 2 a cada 3 brasileiros. 

Mesmo com o orçamento apertado, os brasileiros têm intenção de ir às compras na Black Friday, com o objetivo de adquirir produtos com descontos significativos. Confira o gráfico da Behup, que mostra o aumento da intenção de compra, separado por segmento: 

Intenção de compra - Black Friday Copa do Mundo

Devemos antecipar a BF por conta do consumo da Copa? 

Segundo Francini, é importante compreender qual o peso que o seu produto terá nesse momento específico. Mercadorias relacionadas ao evento da Copa do Mundo, precisam chegar a tempo, como a TV para ver os jogos e camisas da seleção. 

 A pesquisa da Pinion mostra que 81% dos interessados na Black Friday são favoráveis à antecipação da data neste ano. 

A ideia de antecipar a Black Friday é importante para que o consumidor possa focar em suas compras, afinal, no período de jogos, o consumidor será um torcedor, estará focado em assistir os jogos e não em ir às compras.  

Na mesma pesquisa, a Pinion fala que 56% dos entrevistados afirmaram que vão comprar algum produto por conta da copa. Por isso, fique atento. 

Quais são os itens com maior intenção de compra para a copa do mundo de 2022? 

  • Roupas e acessários: 20% 
  • TV, áudio e vídeo: 15% 
  • Comprar de supermercado: 14% 
  • Calcados: 12% 
  • Artigos esportivos: 12% 
  • Smartphones: 11% 
  • Decoração: 9% 

As pessoas estão preocupadas em investir na sua experiência, seja para assistir os jogos ou de estar com as pessoas. 

LEMBRETE: o resultado da copa pode influenciar na sua campanha de acordo com o seu objetivo, se prepare para os possíveis cenários. É importante acompanhar o evento e aproveitar os gatilhos, para brincar com os jogos e realizar campanhas de marketing.  

Em uma pesquisa da Google, é mostrado por categorias, quando o consumidor pretende realizar suas compras, e o resultado pode contribuir para o seu planejamento. 

Intenção de compra - Black Friday Copa do Mundo

A forma de comunicar é muito importante, deixe claro que todo o período de antecipar a Black Friday, é uma ação de facilidade para o consumidor, que na verdade ela está é aumentando os dias para o seu proveito. 

Precisamos mudar a virada da Black Friday por coincidir com o jogo do Brasil? 

Como falado, a estreia da seleção brasileira será na quinta que antecede a Black Friday, que geralmente é utilizado por várias marcas lançar a virada de descontos como estratégia. 

Lembrando que em 2021 o pico de buscas não foi na virada e sim na sexta-feira das 10h às 14hs, além do aumento de buscas antes da data correta em si, como a semana de Black Friday ou Black November. 

“Não devemos preocupar tanto com a data de estreia e a virada de Black Friday.” 

A Copa do Mundo é sim uma distração que interfere no comportamento do consumidor, mas ele pode se preparar e comprar antes ou depois do evento. Durante os jogos, as pessoas estarão em convenções ou eventos sociais, então a certeza de que se realizar a compra, será por um dispositivo mobile. 

O que esperar para essa Black Friday? 

Avaliando os cases da Híbrido nos anos anteriores, Francini falou sobre o comportamento do consumidor na Black Friday: 

  • O consumidor está mais exigente por conta do dinheiro escasso: Seja verificando os preços, valores de frete, promoções e cupons, o cliente está se planejando muito mais. O “Black Fraude” é cada vez menor, já que o consumidor está esperto com plataformas e conta com várias ferramentas de auxílio. 
    Pesquisas mostram que buscas por Black Friday são realizadas desde junho, ou seja, o consumidor já inicia um acompanhamento e alguns já procuram até antes do mês de novembro, para fazer uma compra assertiva no preço justo.
  • Consumo omnichannel, comprar e retirar na loja: O Ship From Store é importante e está cada vez mais próximo do cliente. Com um pico muito grande ano passado, investir em omnichanalidade é cada vez mais importante e necessária para melhor atender as necessidades do seu cliente. 
  • Aumento de compra mobile: O aumento das compras feitas por dispositivos móveis é uma crescente faz anos e com o fator Copa do Mundo, será acentuado na Black Friday deste ano. 
  • Compra facilitada: O consumidor deseja entrar no site e comprar da maneira mais fácil possível, ele busca por maior facilidade, um site rápido, bom preço e facilidades para a conversão no mobile. Melhorar a navegação e escolhe um mix de produtos assertivos, torna a experiência ainda mais fácil e com sentido. 
  • Entrega rápida: O consumidor tem se tornado cada vez mais exigente e deseja o produto mais rápido possível, também deseja que todas as promessas feitas pela loja sejam cumpridas, por isso, o lojista precisa ser franco com o seu cliente no que diz respeito ao prazo de entrega. Muitas reclamações em 2021 foram sobre o atraso na entrega, para uma boa experiência de compra, as expectativas precisam ser atendidas e as promessas cumpridas. 
  • WhatsApp como canal de venda: O WhatsApp está na maioria dos smartphones no Brasil, logo, toda loja virtual precisa fornecer este canal para atendimento. É importante considerar a viabilidade de se ter atendentes para tirar dúvidas e levar os consumidores a fecharem as compras. Normalmente o consumidor não quer falar com um robô para saber do produto em que está interessado, ele deseja falar com uma pessoa. 

“Esse ano temos que construir desejo e consideração antes mesmo da estratégia do jogo do Brasil.” 

Francini reforça que o mercado está otimista a respeito da Black Friday, reforçando que deve ser criada influência positiva e que gere desejo antes do jogo/evento, sem que o lojista deixe para última hora. 

E o que aprendermos nos últimos 4 anos? 

Com base na experiência adquirida com os clientes da Híbrido nos últimos 4 eventos de Black Friday, Francini elencou alguns aprendizados: 

  • Nunca é cedo demais para iniciar o planejamento, ideal sempre começar pelo menos em agosto; 
  • Criação de storytelling nas redes sociais (aquecer os consumidores) direcionando para um grupo no WhatsApp; 
  • Realizar pré Black Friday, mas sem usar essa comunicação (1 mês ou 15 dias antes), nutrindo a base através de e-mails, fluxos para leads que já são cadastrados, venda da categoria de eletro antes da BF muito expressiva; 
  • Marcas que fizeram outubro de esquenta venderam muito; 
  • Virada de Black no início da semana ao invés de quinta para sexta-feira; 
  • Segurar desconto de venda agressiva até setembro; 
  • Ter mix de variedade de produtos na BF; 
  • % de desconto atrativo, pelo menos um produto gatilho com alto desconto (70%, 80%) para ser um desconto chamariz;  
  • Investir em anúncios de vídeo (campanha no Youtube e/ou vídeos do produto como animação no Facebook Ads); 
  • Ferramenta de CRM para captação de e-mails de clientes e oferecendo possibilidade de oferta antecipada (pop up no site); 
  • Criativos estratégicos mobile (stories) tem um ticket médio maior e linha de faturamento; 
  • Investir na mídia com criativos de produtos com maior estoque e testar em várias versões; 
  • Desenvolver criativos para públicos segmentados; 
  • Campanha de lead Ads funciona melhor que trabalhar com landing page, por ser algo instantâneo do que ir para uma página; 
  • Estratégia logística para dar velocidade, como por exemplo, combinar horário de coleta diferente das entregas para dar tempo de enviar mais entregas ao mesmo tempo. 

Assista Papo FR com Francini Maurini na íntegra no link abaixo 

Sobre o Papo FR 

O objetivo do Papo FR é propagar um conteúdo que seja de fato relevante, que promova micro transformações na forma como nossa audiência enxerga o e-commerce, para que se torne um agente de transformação no meio em que está inserido. 

Para isso, Eduardo Bragança, Host do programa e Head de Marketing recebe profissionais de e-commerce para falar de logística e tecnologia. São varejistas, influenciadores, profissionais e fornecedores de soluções para e-commerce. 

Head de marketing e autor no blog da Frete Rápido, especialista em e-commerce e pós-graduado em marketing estratégico digital. A Frete Rápido é o Hub de transporte digital para médias e grandes empresas do comércio eletrônico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Frete Rápido utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao usar o site você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.