Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

O processo de embalagem no e-commerce é um momento importante para a operação logística, e por isso, deve ser bem avaliado para encontrar a melhor e mais acessível forma de enviar os seus produtos. Este guia de boas práticas foi construído para o processo de embalagem, para que você lojista, melhore as entregas de seus pedidos, eleve o seu nível de serviço, satisfação do cliente e naturalmente, o índice de recompra.  

O mercado digital é dinâmico, rápido. O consumidor visita as lojas virtuais, busca a maior quantidade de informações possíveis sobre os produtos, calcula o frete para então realizar a compra. Depois da compra feita, vem a ansiedade, o desejo de saber onde o produto está, se chegará a tempo e em perfeitas condições. O cliente geralmente acessa a tela de rastreio várias vezes por dia buscando informações de seu pedido. Inclusive, este é um dos fatores que tornam a tela de rastreio tão valiosa para o e-commerce. 

Depois de todo esse processo, a entrega do produto é o momento mais palpável de toda a jornada, onde o cliente receberá a entrega pelas mãos da transportadora e logo na sequência, abrirá sua encomenda. É neste ponto que a loja virtual poderá, ou não, atender as expectativas do seu cliente.  

A embalagem é parte integrante de tudo isso, precisa estar em boas condições e garantir a integridade do produto. Além de proteger e resguardar os produtos, a embalagem também pode ser utilizada para encantar o cliente. Vamos por partes. 

Cuidados na escolha da embalagem  

Cada segmento possui normas e necessidades específicas para o transporte do produto, por isso, a escolha da embalagem exige alguns cuidados e atribuições indispensáveis durante o processo.  

Para que o seu negócio consiga atender o seu consumidor com o melhor custo-benefício, confira os cuidados que você deve obter na escolha da sua embalagem, e como ela afeta no seu processo logístico no final: 

  • Adequação ao produto: o primeiro ponto a se questionar é: qual embalagem é a melhor opção para o meu produto? Ela atende as necessidades de transporte e manuseio da mercadoria? Por mais que pareçam perguntas simples, a partir deste ponto é possível traçar estratégias que se adequem as exigências da mercadoria e ainda otimizem a entrega. Seja com uma embalagem específica, com diretrizes especiais ou com tamanhos diferenciados, a adequação do produto é primordial para obter um translado seguro e livre de empecilhos. 
    Dependendo da categoria de produtos ou experiência que sua empresa quer fornecer aos clientes, considere a possibilidade de criar embalagens sob medida, com um padrão que vá se adequar ao tipo de produto que você comercializa; 
  • Certificação: Utilizar embalagens com certificação do Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – irá auxiliar para que as entregas de seu e-commerce sejam feitas de forma segura. Além desta, outras certificações podem ser necessárias de acordo com as peculiaridades do seu negócio. Verifique quais delas são necessárias para obter maior segurança e credibilidade no transporte de seu produto. 

Analisando as características técnicas das embalagens 

Confira abaixo informações importantes para sua operação de e-commerce preparar o tratamento das embalagens da melhor forma possível

Tipos de embalagens no e-commerce 

Inicie seu planejamento com o entendimento dos tipos de embalagem que você irá trabalhar. Essa classificação ocorre a partir do grau de necessidade de transporte de seus pedidos, seguindo uma hierarquia de proteção e segurança. Os tipos de embalagens para o e-commerce são: 

  • Primária:  Tipo de embalagem responsável pela proteção inicial da mercadoria, possui esse nome por ser a embalagem de primeiro contato com o produto. Não é indicado que os produtos sejam enviados somente com a embalagem primária, pois aumenta o risco de avarias.  
  • Secundária: Responsável pela proteção do produto, ela é a mais indicada e preparada para o transporte, já que proporciona maior segurança e integridade a mercadoria. Sendo assim, o melhor cenário é enviar o produto com a embalagem primária e com a secundária. 
Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

Características e recomendações para embalo e transporte do produto 

A caixa de papelão é o item mais utilizado no transporte da embalagem, e para que o seu produto seja entregue ao consumidor sem avarias, confira alguns direcionamentos sobre o manuseio, preparo e segurança desse material. 

Para que o produto possa ser entregue com maior segurança, a gramatura mínima indicada é a de 6mm a 7mm, em um papelão rígido com paredes duplas que realizam a junção das ondas B e C, como na imagem abaixo. Dessa forma, a resistência a compressão e a capacidade de absorver impactos é maior, além de evitar maiores transtornos com perdas e danos de produtos. 

Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

DICA: Para obter uma garantia de rigidez, passe firmemente a fita gomada na extremidade da embalagem. Dessa forma é garantido uma resistência maior e seu produto ficará mais protegido durante o processo.  

Identificação na embalagem para transporte 

A identificação na embalagem é necessária para notificar quais são as peculiaridades de transporte do pacote. Essa linguagem é utilizada para uma identificação rápida e visual de seus cuidados, além de ser primordial para que o produto chegue ao cliente final, da forma correta e sem danos/avarias. 

Confira nos exemplos abaixo, como os informativos direcionam para os cuidados específicos e de grande importância no manuseio do produto. 

Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

Cuidados extras 

Para que sua operação envie pacotes que mantenham integridade e condicionamento adequado do produto, confira os principais segmentos que exigem a identificação e/ou cuidados extras com o transporte dos seus itens: 

  • Bebidas e alimentos; 
  • Louças, cristais, cerâmicas, vidros – frágeis; 
  • Perfumaria; 
  • Produtos de limpeza; 
  • Produtos farmacêuticos e para saúde – correlatados. 

Como cada produto possui suas atribuições exclusivas, proteções duplas ou mesclas de técnicas podem ser utilizadas de forma que o objetivo final seja concluído, um produto fixado e bem protegido. 

Proteção e segurança da embalagem para transporte 

Existem alguns materiais que contribuem para a proteção e segurança dos seus produtos durante as operações, para que o transporte seja efetuado com sucesso, e o produto chegue em plenas condições ao consumidor final.  

Para proteger o produto dentro da sua embalagem, confira os principais materiais que você lojista pode utilizar como cobertura e segurança na embalagem. São eles: 

Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce
  • Almofadas de ar: Item indicado para transporte de produtos sensíveis, as almofadas de ar ajudam no controle de vibrações, preenchem vazios da caixa e mantem a fixação do produto na embalagem de forma segura. 
  • Colmeia / Divisórias de papelão: O mais utilizado para o transporte de cargas secas, já que não exige cuidados intensivos ou condições especiais de clima/temperatura. Com a colmeia ou divisória de papelão, é possível demarcar o espaço reservado para o produto e assim, obter maior controle do seu manuseio. 
  • Fita gomada + simbologia: Itens essenciais para obter maior fixação e segurança, a fita gomada inicialmente é utilizada para obter maior resistência na lacração de suas embalagens. A simbologia complementa com as identificações e cuidados dos produtos, no qual seguindo o processo, resulta em maiores chances de uma entrega garantida. 
  • Flocos de isopor: Comumente mais utilizado para o transporte de eletros domésticos, os flocos de isopor são ideais para a carga refrigerada, pois além do controle de temperatura, não se perde na proteção do item. 
  • Plástico bolha: Item mais indicado para o condicionamento de itens sensíveis, o plástico bolha tem a praticidade de ser leve e resistente, de forma a envolver com maior facilidade o produto. Dessa forma, ele complementa o pacote e o torna mais preparado para o transporte. 

Faça testes com a sua embalagem durante a operação. Verifique quantos produtos podem ser incluídos sem interferir nos processos de segurança e proteção, examinando se é necessário incluir uma ou mais técnicas de segurança, para sanar as chances de danos e avarias. 

Dicas para acondicionamento do produto na embalagem: 

  • Invista na proteção individual e utilize plástico bolha em volta dos seus produtos; 
  • Para bebidas e itens sensíveis, utilize divisórias de papelão para organizar individualmente cada produto, e mescle com uma proteção com plástico bolha ou almofada de ar em cada item. Essa mescla de material/técnica garante maior segurança dos produtos para o transporte; 
  • Flocos de isopor garantem bom acondicionamento do produto dentro da embalagem; 
  • A inclusão de placas de isopor na parte superior e inferior da embalagem, ou criando uma grade personalizada ao seu produto, é uma forma de proteção extra, indicada para uma proteção a mais e com melhor custo-benefício; 
  • Em caso de número ímpar de itens dentro da embalagem, sempre preencha os espaços vazios com plástico bolha, isopor e demais. Dessa forma, a organização feita anteriormente não será alterada ou danificada no transporte; 
  • Nunca deixe o produto solto dentro da embalagem, a fixação e segurança do item é essencial para uma boa entrega e experiência do cliente. 

Avaliação de custos  

Depois de considerar todas as especificações técnicas relacionadas as embalagens, que foram descritas acima, é necessário uma avaliação de custos, a fim de confirmar se é viável para sua operação adquirir as embalagens que contenham essas características.  

Confira os principais itens que você precisa averiguar em uma avaliação de custos: 

  • Fator estético: A estética pode ser um grande atrativo para o seu produto, mas ele não pode ser o principal, pois uma embalagem apenas por estética pode ser atrativa e nada usual, interferindo até no valor final. 
  • Embalagens sustentáveis: Utilizar embalagens sustentáveis, biodegradáveis ou recicladas podem ajudar muito na questão financeira, pois geralmente esses produtos são mais baratos, além de posicionar sua empresa como uma marca que investe em sustentabilidade 
  • Materiais de proteção: A utilização dos materiais de proteção é mais que necessária para a segurança e bom cuidado com a embalagem do seu produto. O pouco ou não uso desses itens, interferem diretamente não só no estado em que a embalagem será entregue, quanto na experiencia do consumidor e na reputação do seu negócio. 

O impacto da embalagem no valor final 

Todos esses processos impactam no valor final da sua embalagem e implicam diretamente no poder de compra do seu consumidor, afinal o valor dos insumos entrarão nas composições finais dos preços dos produtos.  

No momento do picking & packing da operação, os produtos serão embalados dentro das embalagens padrões e encaminhados para o time de expedição. Após a coleta e a entrega, realizada pela transportadora, ela irá enviar as faturas relacionadas aos fretes transportados nos períodos, geralmente essas faturas são enviadas a cada 30 ou 45 dias, depende de cada transportadora. 

O ponto é que a composição do valor do frete, feito pelas transportadoras irá considerar: 

  • Origem e destino;
  • Valor da nota;
  • Peso do pacote; 
  • Medida do pacote. 

Isso significa que se você lojista envia seus produtos em caixas grandes, certamente paga um frete mais caro do que deveria. 

Pensando em uma economia momentânea, muitos lojistas dão preferência para embalagens genéricas que atendam a todos os tipos de pedidos e produtos com diferentes características e tamanhos. Esse fato gera desperdício de recursos, tanto dentro da caixa por deixar o produto solto, com espaço sobrando, quanto no processo de transporte, onde o pacote irá ocupar um espaço maior do que deveria dentro do veículo, resultando em um frete mais elevado. 

Em artigo lançado no Portal E-commerce Brasil, mostra que a economia na escolha das embalagens, interfere entre 0,5% e 1,5% no faturamento final.  

Neste mesmo estudo, é feito uma simulação com 3 produtos a serem entregues em 2 estados. Para realizar um comparativo de como a embalagem genérica interfere muito mais do que uma embalagem personalizada. Nesse exemplo, o valor do frete tem um aumento de 459% pois foi de R$9,96 – frete do produto – para R$55,72 – frete com embalagem genérica – e em apenas uma unidade, o prejuízo naturalmente é exponenciado quando o exemplo é utilizado para mais envios da operação. 

Um procedimento aplicado para economia do frete de forma inteligente e eficiente, é a consolidação de volumes. Diretamente ligada ao cálculo de frete, essa tecnologia exclusiva da Frete Rápido unifica os diversos produtos em um único volume, otimizando assim os processos e reduzindo os custos.  

Como forma de reduzir a taxa de rejeição e fidelizar o seu cliente, na plataforma da Frete Rápido, o lojista pode cadastrar as suas embalagens e dessa forma, quando o cliente realizar o cálculo de frete, será direcionada a menor e mais indicada embalagem para o transporte, daqueles produtos. 

Leia sobre os benefícios da consolidação de volumes

A embalagem como ferramenta de encantamento 

As estratégias de marketing precisam estar alinhadas com as necessidades logísticas, para que a comunicação e o posicionamento de marca estejam presentes em todas as etapas da jornada de compra, inclusive na entrega.  

As ações de branding e marketing naturalmente precisam transmitir o propósito de sua marca e os valores de sua empresa. As embalagens são uma ótima maneira de mostrar na prática como sua empresa quer se posicionar, que busca agir de forma sustentável e consciente ao utilizar embalagens feitas de papel reciclado, por exemplo. 

Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

Overdelivering 

O overdelivering é um conceito muito utilizado no e-commerce atualmente, onde se propõe a entregar “algo a mais” ao seu consumidor, de forma que supere suas expectativas e o surpreenda.  

Como dito no início do artigo, o recebimento da mercadoria é um momento que gera muita ansiedade, é a conclusão de toda a jornada de compra, o momento mais palpável da venda, onde o cliente terá suas expectativas atendidas, ou não. 

Sabendo da relevância deste momento para a fidelização, é importante que sua empresa vá além do trivial, da entrega comum e invista na experiência, para que o momento de abertura do pacote seja extremamente agradável e prazeroso para o cliente. O Overdelivering é a estratégia que foca neste momento da venda e envolverá o marketing/branding para planejar e cuidar do design dos materiais e envolverá o time de expedição, para executar essas ações.  

Todo cliente gosta de receber seus produtos bem embalados, com uma caixa bem estampada na parte externa ou interna, exalando um perfume que foi cuidadosamente borrifado pelo time de expedição.  

embalagem para e-commerce

Além da embalagem como componente do overdelivering, é possível utilizar outros itens como: 

  • Cupons de desconto; 
  • Conteúdos sobre cuidados com o produto; 
  • Agradecimentos escritos a mão: Este dependerá do perfil da loja virtual. Para operações de e-commerce que fazem milhares de envios por dia, por exemplo, é inviável. 
  • Brindes: É importante dizer ao cliente que aquele produto é um brinde, para que ele não pense que foi enviado por engano ou que foi cobrado por aquele produto. 

Unboxing feito pelos clientes 

Com o investimento e esforço em fornecer uma experiência agradável para seu cliente ao receber o pacote, seu time de marketing tem uma oportunidade interessante de obter uma prova social, o unboxing. 

O unboxing é uma estratégia de marketing muito utilizada atualmente, onde mostra a pessoa do tendo o primeiro contato com o produto, literalmente abrindo a embalagem.  

Sua empresa pode, por exemplo mandar um folder dentro do pacote, concedendo um desconto para o cliente caso ele grave e envie o unboxing. Essa simples ação pode gerar muitas provas sociais para sua loja virtual, o que naturalmente, trará ótimos conteúdos orgânicos para o time de marketing, além de ser uma ótima forma de conferir se seus produtos e suas respectivas embalagens estão chegando em perfeitas condições.  

Boas práticas para o processo de embalagem no e-commerce

Sua loja virtual também pode trabalhar com influencers nas redes sociais, para que eles gravem vídeos fazendo unboxing. Mas, tenha atenção com relação ao público-alvo de sua loja virtual e a audiência dos influencers. 

Sabemos que a primeira impressão é a que fica, e nesse momento de expectativa para o cliente, ”a decepção com relação a integridade do produto prejudica a reputação de sua marca, gera reclamações e faz com que o cliente não compre novamente. Por isso invista em segurança e proponha ao seu cliente a prática de unboxing, pois com essa mescla, você gera um marketing orgânico para o seu negócio, além de criar um canal de comunicação e verificação de processos. 

Conclusão 

Todas as informações descritas até aqui culminam em um fato, o e-commerce é feito de detalhes. Vender online é simples, mas fornecer uma jornada de compra que encanta, manter uma operação saudável, lucrativa e seguir crescendo de forma rentável, é preciso atenção e cuidado em todos os mínimos detalhes. 

Neste artigo falamos sobre o processo de embalagem na operação de backoffice, mas você sabia que ela também influencia no cálculo de frete? A embalagem aliada a tecnologia também pode se tornar um diferencial competitivo e baratear seus fretes em até 40%. 

Sabia mais no artigo abaixo.

Head de marketing e autor no blog da Frete Rápido, especialista em e-commerce e pós-graduado em marketing estratégico digital. A Frete Rápido é o Hub de transporte digital para médias e grandes empresas do comércio eletrônico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Frete Rápido utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao usar o site você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.