Dark store: tendência que melhora logística do e-commerce

Imagine uma operação logística que permita a entrega mais rápida, com menor custo, menos erros de separação dos pedidos e maior satisfação dos consumidores. Ela já existe: é a dark store

Em tradução literal para o português, a “loja escura” significa um espaço físico que funciona como um centro de distribuição para vendas online e não tem a presença do público consumidor para realizar as compras. 

Também chamada pelos termos em inglês back of store e micro-fulfillment center, surgiu para atender exclusivamente as compras virtuais e para facilitar o processo tanto para o consumidor quanto para as lojas.  

Este formato de negócio foi estabelecido no Reino Unido e tem se expandido por todo o mundo, principalmente nos últimos dois anos, quando as vendas pelas plataformas digitais tiveram um salto, o que demandou ainda mais um processo logístico confiável e rápido. 

Em 2020, por exemplo, o comércio eletrônico cresceu 9,5% e aumentou sua receita para US$ 2,43 trilhões. A previsão é de que continue em ascensão e chegue a US$ 3,4 trilhões em 2025, segundo os dados da consultoria italiana Finaria.it 

Estamos na era do consumidor 5.0, que busca ser atendido em tempo real, com exclusividade e entregas rápidas e com baixo custo.  

O omnichannel é a estratégia que auxilia nesse processo, uma vez que interliga os canais da marca para responder ao cliente mais rapidamente, de forma personalizada e com a mercadoria no tempo em que precisa. 

Para saber como unificar todas as estratégias e seguir a tendência da dark store, continue neste artigo.  

O que é uma dark store? 

Diferentemente dos demais modelos híbridos e de comércio eletrônico, a dark store pode ser definida como o local em que funciona o centro de operações das vendas online.  

Ele está localizado em pontos estratégicos, como regiões de Centro expandido e adjacentes, para que os produtos cheguem com maior rapidez — e menor custo — ao consumidor final.  

A dark store é o estoque e o centro de distribuição das lojas, atendendo aos pedidos dos clientes no mesmo dia e até com retirada no local.   

Empresas conhecidas mundialmente, como Walmart, Target e Bed Bath & Beyond, já têm as suas dark stores, reduzindo tempo de coleta e de entrega.  

De acordo com a Research and Markets, estes centros de micro atendimento crescerão mais de 20 vezes até 2030: um salto de aproximadamente 50 unidades em 2020 para 6.600 em 2030. 

Da mesma forma que a dark store é tendência no mundo, no Brasil também vem se destacando. Tanto é que marcas de diversos segmentos, como entrega, vestuário e farmácia estão investindo nesta estratégia de negócio. 

Quais são os tipos de entrega da dark store? 

A Forrester destacou em um estudo que 35% dos clientes optam pela “retirada na calçada” como forma de receber os seus pedidos, ao invés de aguardar o horário da entrega. 

Este é apenas um dos tipos oferecidos pelas marcas que adotam o modelo da dark store. Conheça quais são eles a seguir: 

  1. Retirada na calçada: existe um espaço de estacionamento dedicado ao cliente que faz sua solicitação e o colaborador entrega o pedido em tempo real. Um exemplo é o drive-thru criado pelos shoppings centers
  1. Retirada na loja: dentro da loja há uma área para a retirada dos pedidos. Os clientes chegam ao balcão com a informação e toma posse da sua mercadoria. 
  1. Entrega a domicílio: é a mais utilizada, principalmente no Brasil, e funciona muito bem para o conceito de dark store. O valor do frete é reduzido tanto para as empresas quanto para os consumidores, que passam a preferir essas lojas pela facilidade e o baixo custo.  

Este é um quesito crucial, o qual é validado por uma pesquisa da Econsultancy que revela que aproximadamente 55% dos abandonos de carrinhos das lojas online no Brasil são causados pelo alto custo do frete. Benefícios da dark store para a logística do seu e-commerce 

De acordo com o Statista, o setor global de logística do e-commerce fechou o ano de 2021 com um valor de mais de € 441 bilhões e a estimativa é de que alcance a marca de € 770,8 bi em cinco anos. 

Aproveitar esse crescimento é destacar e atrair mais consumidores para a sua marca.  

Para saber como implantar a dark store e tê-la como aliada da logística do seu e-commerce, veja os principais benefícios:  

  • Pedidos mais precisos: o cliente compra realmente o que está disponível em estoque, eliminando as substituições de itens e trocas futuras. 
  • Gestão e controle do estoque: maior precisão dos produtos verificados e registrados na entrada e saída; além de funcionarem como apoio a lojas na mesma região, o que aumenta a capacidade de controlar e gerenciar maiores volumes de pedidos.  
  • Gerenciamento de SKU: da sigla em inglês Stock Keeping Unit, que significa Unidade de Manutenção de Estoque em português, permite que as dark stores tenham o sistema de clique e coleta, promovendo os melhores recursos de armazenamento.  
  • Maior alcance: ao transformar espaços físicos não utilizados em dark store, amplia-se o acesso aos produtos 24x7x365, já que a internet é um meio que não para de vender, bem como atende os clientes com maior rapidez e eficiência.  
  • Combinação entre homem e máquina: o apoio da robótica reduz os erros na separação e tracking de pedidos, enquanto a inteligência humana é encarregada de outras tarefas para a melhor distribuição e entrega rápida.  

A dark store é uma forma de reduzir custos, otimizar a cadeia de suprimentos e alavancar as vendas online 

Para atender aos lojistas e aos consumidores com o melhor serviço de entrega, alta performance, escalabilidade e precisão, a Frete Rápido calcula o frete em 20 milissegundos Para que a cotação de frete seja um fator positivo no carregamento de página das lojas virtuais. 

Unir tendência do mercado com tecnologia desenvolvida para atendê-lo de forma personalizada, isto é, de acordo com a estratégia do negócio, é estar à frente no segmento e destacar a marca e participar do crescimento do comércio eletrônico.  

Como a Frete Rápido auxiliar sua loja virtual com a estratégia de dark store 

A Frete Rápido atua como Hub de Transporte Digital, tecnologia SaaS 100% cloud que fornece gestão logística para embarcadores B2B e B2C. 

Dentre suas funcionalidades está o cálculo de frete, também chamado de função gateway de fretes. A tecnologia da FR realiza a cotação de frete multiorigem, ou seja, a operação de e-commerce pode operar com diversas origens diferentes e a ferramenta terá inteligência para realizar as cotações de frete e entender qual origem é a ideal para se obter um frete mais rápido ou mais barato. 

A tecnologia pode ser utilizada para operações de multiorigem com dark stores, ship from store, dropshipping e cross docking. 

Para saber mais detalhes sobre a tecnologia ou receber um diagnóstico do time de projetos da FR, solicite contato através deste link.

Head de marketing e autor no blog da Frete Rápido, especialista em e-commerce e pós-graduado em marketing estratégico digital. A Frete Rápido é o Hub de transporte digital para médias e grandes empresas do comércio eletrônico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Frete Rápido utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao usar o site você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.