Métricas e KPIs para gestão logística no e-commerce

Para que você possua uma visão completa, real e estratégica do seu fluxo e jornada de compras, é necessário compreender quais são as métricas e KPIs importantes no seu processo de gestão logística no e-commerce. Esses fatores auxiliam, ajudam e permitem uma análise profunda dos pontos fortes da sua marca, o que é necessário fazer para corrigir os erros e onde finalizar certas estratégias.

As métricas permitem mensurar seus resultados, e os KPIs permitem uma análise estratégica das devidas ações e momentos da jornada do consumidor. Este artigo mostra como os dois fatores são necessários para obter sucesso no mercado digital e como são muito importantes para que você compreenda a real situação do seu negócio.

O que são métricas?

Utilizadas para mensurar e monitorar os resultados da empresa, as métricas apresentam as informações e consequências das estratégias realizadas. Isso permite um gerenciamento e entendimento das ações para você conseguir identificar onde deve prosseguir, o que deve modificar e quais ações deve finalizar.

O que são KPIs?

Os KPIs (Key Performance Indicator) são indicadores-chaves de performance, que permitem medir se uma ação ou conjunto de ações do seu plano logístico está alcançando a eficácia esperada e atendendo aos objetivos previstos e propostos.

Existem diversos KPIs que indicam e medem certos momentos ou o planejamento por completo. Eles podem ser representados por um número ou um percentual. Por conta dessa diversidade de possibilidades, elas precisam estar alinhadas com o seu objetivo principal. Escolher os KPIs certos para entender os seus resultados é primordial para um bom entendimento do seu processo.

Quais as diferenças entre métricas e KPIs?

Se tanto as métricas quanto os KPIs mostram os resultados do seu planejamento estratégico, o que as difere é a forma de entendimento de cada uma delas. As métricas são os resultados de forma integral, enquanto os KPIs são os objetivos indicados pela gestão para entender o momento, a eficácia e o desempenho da ação.

Dessa forma, as métricas fornecem os indicadores matemáticos e estatísticas que os KPIs utilizam para o entendimento das ações e planejamentos estratégicos da empresa. Importante ressaltar que a avaliação de desempenho dos resultados deve ser feita para uma interpretação das métricas e dos KPIs.

Quer um exemplo para entender melhor?

Imagine a quantidade de colaboradores que trabalham na empresa com você. O resultado da quantidade seria uma métrica, e a produtividade dos colaboradores seria um KPI.

A métrica é mais direcionada para um dado, enquanto os KPIs envolvem uma estratégia e um planejamento. Estes últimos permitem, portanto, uma análise mais profunda e completa da organização. Ambos estão juntos para que você consiga compreender a real situação do seu processo. Porém, é fundamental que você consiga detalhar, direcionar e alinhar os dois com os objetivos do seu negócio.

Qual a importância dos KPIs na logística?

Além de otimizar seus processos logísticos, os KPIs permitem que você análise, estude e compreenda o quanto de suas ações estão tendo os devidos resultado.

Ao avaliar a qualidade dos processos com os KPIs, você evita erros, identifica se os objetivos estão sendo alcançados e consegue detectar os pontos fortes e fracos do processo (como gastos ou ruídos de comunicação). Os KPIS também proporcionam uma visão mais clara e ampla de todo o planejamento, permitindo comparações, avaliações e um entendimento maior de todo o seu processo logístico.

Como escolher os KPIs de logística?

Agora que você já entendeu a importância deles, chegou a hora de selecionar os mais adequados e coerentes com a realidade da sua empresa. Confira a seguir com direcionar e definir as principais métricas de KPIs de logística para e-commerce.

  1. Objetivo:
    O primeiro ponto é definir quais são os objetivos para análise. Dessa forma, você compreende o que deve ser mensurado, quais atividades logísticas necessitam de maior atenção e aonde o seu negócio quer chegar.
  2. Dados:
    Mensurar os dados é de grande importância para entendimento completo e mais amplo. Por isso, é necessário que você já obtenha sistemas de registro para poder utilizar os resultados e trabalhar e cima deles posteriormente.
  3. Resultados:
    Com o objetivo definido e os dados em mãos, é hora de compreender e entender esses resultados. Com essa análise, você pode identificar quais partes do seu planejamento precisam de atenção imediatamente e quais estão alcançando o resultado esperado. Informar sua equipe sobre os dados encontrados mostra conhecimento dos processos e ainda permite mais interação, comunicação e aproximação para a devida resolução ou parabenização.

O conceito logístico da sigla SMART é uma forma de alinhar a meta e os KPIs de modo que sejam mais eficazes. Nessa estratégia, o S é para Specific, o M para Measurable, o A para Achievable, o R para Relevant e o T para Time. Esse conceito pode ser traduzido para: específico, mensurável, alcançável, relevante e tempo, resultando em um processo que ajuda a entender como implementar, mensurar e trabalhar os resultados.

Acompanhe suas KPIs com o dashboard logístico personalizável da Frete Rápido

A plataforma da Frete Rápido permite que você lojista personalize sua torre de controle com as métricas e KPIs que desejar. Cada pessoa do seu time também personalizar seus gráficos e construir sua própria tela de Business Intelligence, ou ainda, você pode criar e compartilhar sua torre de controle com as pessoas que fizerem sentido para você. Financeiro, SAC, Transporte, Logística/Operações, crie quantos usuários e quantas torres de controle quiser.

O Dashboard Logístico da Frete Rápido é dinâmico, personalizável e colaborativo.

KPIs

Confira a seguir algumas sugestões das métricas e KPIs que você pode trabalhar com a plataforma da Frete Rápido:

  • C2S – Click To Ship

O C2S (Click To Ship) ou, em português, clique para enviar é um indicador de performance inspirado quando o cliente finaliza a compra e autoriza a emissão. Esse KPI começa quando o consumidor finaliza o processo e conclui a compra e termina quando o produto é expedido e coletado pela empresa, preparando para envio.

  • Custo médio de frete

Esse é um cálculo que permite entender o percentual gasto com o frete sobre as vendas, além de avaliar se o custo de frete está elevado, abaixo ou de acordo com o valor do produto. É importante ressaltar que o valor do frete é muito presente na decisão de compra. Então, atente-se para que esse não seja um fator para o seu público desistir da encomenda.

  • Índice de avaria

O KPI se torna mais prático de trabalhar quando apresenta dados numéricos ou percentuais.

Para que isso aconteça, é necessário somar os casos de avarias nas entregas avaliadas em um determinado período, com o total número de entregas realizadas.

Este percentual pode ser calculado com a seguinte fórmula:

índice de avarias de entrega = volume de avarias/volume total de entregas x 100.

  • Logística Reversa — LR

É um KPI que se refere ao retorno da mercadoria ou arte dela para a companhia. Ela permite um bom retorno para o meio ambiente, já que reduz a quantidade de lixos descartados em lugares inapropriados.

  • Prazo médio de entrega x região

Esse KPI fornece uma visão mais estratégica, pois é o comparativo do prazo médio de entrega dos seus pedidos com o fator região. Dessa forma, você consegue compreender qual a região ou quais regiões (seja nacional, por regiões de estados ou capitais) possuem características próprias, permitindo, assim, uma atenção ou até ação para crescimento e manutenção.

  • Pedidos por UF

Ele permite analisar a porcentagem de perdidos feitos por estado. Dessa forma, você consegue entender onde o seu público está mais presente e quais estratégias devem ser lançadas para alcançar novos consumidores.

  • Pedidos Perfeitos – PP

Um KPI que mede o percentual de pedidos entregues no tempo estimado pelo planejamento, sem nenhum ruído ou problemas durante o processo. O Pedidos Perfeitos ou PP é literalmente quando o pedido segue o caminho exato de forma assertiva.

  • Pedidos Recusados – PR

É um KPI que permite compreender onde estão as falhas do seu processo. Ele ajuda a mensurar a insatisfação do cliente, já que o destinatário recusou o que foi entregue (seja por atraso, danificação do produto e outros motivos).

Alinhado às expectativas do que foi comprado e o que foi entregue, o PR auxilia no entendimento de quais são os ruídos que possuem da imagem da sua marca até a finalização da compra.

  • Pedidos x status

O comparativo de pedidos x status fornece uma visão estratégica e um acompanhamento do fluxo de compra mais detalhado. Esse KPI permite equiparar quantos pedidos foram realizados em um determinado período e qual o status de cada um deles. Assim, você consegue compreender quantos dos seus pedidos estão no momento correto da entrega, se existe algo que está atrapalhando a entrega ou até verificar as porcentagens de cada status.

  •  Quantidade de Pedidos x frete grátis

Um comparativo que permite visualizar quanto das suas vendas em um determinado período foi realizado com a prática de frete grátis. Este KPI auxilia no entendimento de como esse atrativo pode ser algo positivo, regular ou transformador em suas vendas.

  • Quantidade de pedidos x mês

É um comparativo que permite entender quantos pedidos foram realizadas no mês. É importante ter controle e atenção a esse KPI para que o foco seja sempre aumentar os números, mas sem perder a qualidade.

  • Quantidade de pedidos x transportadora

Esse comparativo compreende qual a quantidade de pedidos realizados em um determinado período, traçando com os canais de transporte. Dessa forma, esse KPI permite entender melhor qual a sua real situação com a transportadora, quais são os pedidos que estão em processo e até quantos foram entregues na forma estimada.

  • Quantidade de pedidos x canal de venda

Um KPI que permite comparar a quantidade de vendas realizadas em cada um dos seus canais de vendas. Esse resultado permite compreender onde o seu negócio obteve maior e menor resultado e onde precisa trabalhar, realinhar e incentivar.

  • S2D – Ship To Door

O S2D (Ship To Door) ou, em português, envio a porta é um KPI que possui o objetivo de verificar a média de dias gastos para a realizar a entrega. Ele se inicia quando o pedido sai da expedição e finaliza quando o produto chega ao consumidor.

Conclusão

Para que uma loja virtual cresça de forma saudável e rentável é necessário que as decisões sejam baseadas sempre em dados. Para gerenciar é preciso medir. Para medir, é preciso de tecnologia para centralizar as informações e externá-las de forma intuitiva.

Saiba mais sobre como utilizar o Dashboard Logístico da FR para a gestão de sua operação, conheça também nossas outras funcionalidades, como cálculo de frete e rastreio automatizado.

Head de marketing e autor no blog da Frete Rápido, especialista em e-commerce e pós-graduado em marketing estratégico digital. A Frete Rápido é o Hub de transporte digital para médias e grandes empresas do comércio eletrônico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Frete Rápido utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao usar o site você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.